Homem interrompe marcha feminista com o grito: "Vão para casa fazer o jantar"

Homem interrompe marcha feminista com o grito: “Vão para casa fazer o jantar”

Milhares de mulheres têm por hábito juntar-se em diferentes cidades do mundo para denunciar os abusos, a violência sexual e o machismo. E o ritual é sempre o mesmo: tapam os olhos com uma venda negra e cantam a coro uma canção: “A culpa não era minha, nem de onde estava, nem de como me vestia”. E tudo ao ritmo de uma coreografia muito bem coordenada. E desta vez alguém decidiu estragar um desses protestos…

Este mês, o mesmo rito teve lugar em Santiago de Compostela, Espanha, e 300 mulheres interpretaram juntas o tema “Um violador no teu caminho”. Não obstante, quando estavam a meio da manifestação, um homem decidiu interromper e gritar: “Agora vão para casa fazer o jantar”.

O momento acabou inclusive por ser captado por algumas pessoas que estavam perto e graças a estas testemunhas, foi possível identificar nas redes sociais o homem, que é um conhecido elemento do Partido Popular da Galiza.

Fonte: La Vanguardia