Tratador de zoo é preso depois de ter tentado acasalar com um gorila de 230 kg

Um tratador de um jardim zoológico em San Diego foi acusado formalmente de molestar repetidamente um gorila com 15 anos de idade. Akimbo Obwe’bwe, de 29 anos, foi considerado culpado de dar sedativos a Big George – uma das maiores atracções daquele zoo – para praticar todo o tipo de acto sexual com o primata.

De acordo com as filmagens, que não chegaram às redes sociais, o homem oriundo do Gabão foi visto a introduzir o seu pénis na boca do macaco durante diversos minutos. Felizmente, o macaco que estava sedado voltou ao estado normal e rapidamente empurrou o tratador, chamando a atenção de outros empregados.

Adam Simmons, um relações públicas daquele jardim zoológico, explica: “O Sr. Obwe’bwe afirma que a relação sexual foi consensual, sendo que a filmagem mostra claramente que ele tentou sedar o animal. A sua conduta foi inapropriada, imatura e perigosa para o animal e actividade sexual entre animais e empregados é estritamente proibido aqui”.

A administradora do jardim zoológico, Janette Fitzgerald, diz que o Sr. Obwe’bwe pode ter agido desta forma porque a sua mulher o deixou recentemente: “Alguns empregados dizem que ele andava triste e pouco falador, sendo que descarregava nos animais desde o seu divórcio. Não pensei foi que chegasse a este ponto”, explicou aos repórteres.

De acordo com a lei da Califórnia, estas ofensas podem ser punidas com pena até aos seis meses de prisão, com multas que podem chegar aos $1,000…

FONTE: World News