Selfies são cinco vezes mais fatais do que ataques de tubarões


 

Se pensas que tirar uma selfie pode ser menos perigoso do que nadar num mar infestado de tubarões, então desengana-te. Mas desengana-te bem. Vá, talvez estejamos a exagerar – se calhar não deves fazer ambos ao mesmo tempo mas a verdade é que ao longo dos últimos anos, as selfies já tiraram mais vidas do que os tubarões.

Com a quantidade de modelos e influencers, todos com um smartphone e uma certa tendência narcisista, o aumento das selfies tem sido meteórico, especialmente graças às redes sociais…

Pelos vistos, temos de começar a ter mais cuidado, uma vez que ao longo dos últimos anos, as selfies têm sido cerca de cinco vezes mais fatais do que os tubarões.

Entre outubro de 2011 e novembro de 2017, apenas 50 pessoas morreram devido a ataques de tubarões no mundo inteiro, enquanto que cerca de 259 pessoas morreram a tirar selfies, isto de acordo com o India’s Journal of Family Medicine and Primary Care. Dos que faleceram a tirar selfies, 75% eram homens, apesar de as mulheres tirarem mais selfies do que os homens, de forma geral.

https://twitter.com/intent/like?tweet_id=440322224407314432

O que dizer?