Segurar um peido pode significar expeli-lo pela boca posteriormente

Segurar um peido pode significar expeli-lo pela boca posteriormente

Há quem não consiga tolerar peidos, não é verdade? No entanto, poderás muito facilmente repensar segurar um quando perceberes qual é a alternativa existente. Caso não estejas a par, segurar um peido pode muito bem implicar expeli-lo mais tarde pela boca. E é a ciência que o afirma…

De acordo com Clare Collins, que lecciona na Universidade de Newcastle, aguentar um peido pode causar algo intitulado distensão abdominal. Este processo faz com que uma porção do peido que seguraste seja absorvida e posteriormente exalada através da tua boca…

Assim, evitares soltar os teus gases pode significar que alguns deles sejam reabsorvidos para a tua circulação e posteriormente libertados através do teu hálito. E sabemos bem que mau hálito pode ser tão ou mais nocivo do que largar um “traque”, ou não?

Talvez com isto, a mensagem a levar para casa seja simples: se tiveres de te “soltar”, se calhar o melhor é despachares logo o assunto. Ok, com isto não estamos a dizer para o fazeres à bruta mas afinal de contas, é uma resposta totalmente natural do nosso corpo.

Outro estudo recente constatou que uma pessoa, em média, peida-se oito vezes por dia. E estatisticamente, basta pensares que alguém perto de ti deve ter acabado de se “largar” para te sentires mais à vontade para o fazeres…

Vale o que vale.

Queres ganhar dinheiro com apostas? Clica aqui.