Russo fica sem pénis depois de voltar bêbado a casa e exigir sexo com a esposa

Uma mulher de 47 anos foi condenada a 4 anos de prisão após ter arrancado o pénis do marido, de 44 anos, depois de ele ter voltado para casa bêbedo, em Vasilyevo, Rússia, e exigir sexo com ela.

Entretanto, no julgamento, o juiz do caso considerou Lira Plaksina culpada por ter atacado o marido quando ele já estava totalmente vulnerável, sendo que se encontrava mesmo a dormir no sofá.

De acordo com o Daily Mail, Lira não mostrou remorso e cumpriu a sua a pena de quatro anos de reclusão, considerada branda por ela. “Está tudo normal”, disse ela, distribuindo beijos ao deixar o tribunal que julgou o caso…

Vizinhos do antigo casal disseram que Lira e o antigo companheiro tinham um “relacionamento de muita tensão”, sendo que as brigas eram ruidosas e constantes. O ex-marido de Lira acabou por se casar novamente, de acordo com alguns parentes dele.

Não há informações se o pénis foi reimplantado ou não…