Rússia lança drone disfarçado de coruja para confundir os inimigos


 

Foi no dia 25 de junho que o governo da Rússia acabou por apresentar, durante uma apresentação numa feira anual do exército, uma nova arma que não é mais do que um drone em formato de coruja. O motivo? Simples: confundir os inimigos durante operações em áreas estratégicas ou de guerra.

Pelos vistos, de acordo com o que reportou o East2west News, ainda está para ser lançado um segundo drone, este em formato de falcão…

Nas redes sociais, os cibernautas estão a comentar que a inspiração foi Hedwig, a coruja de estimação do famoso Harry Potter. Há quem aponte até que o protótipo foi desenvolvido por estudantes.

Oficialmente, a criadora do drone é uma indústria de inovação bélica criada pelo presidente russo, Vladimir Putin, no ano passado. Ela funciona em Anapa, cidade portuária da região de Krasnodar. O drone é um pouco maior do que o tamanho máximo de uma coruja-das-neves, com envergadura de cerca de 1,5 metros. O mesmo pesa 5 quilos e tem autonomia de voo de 40 minutos.

As corujas, controladas por controlo remoto, seriam utilizadas especialmente em operações no Ártico…

O que dizer?