Restaurante vegetariano é encerrado depois de ter sido encontrada carne humana na comida


 

Surreal. Foi num restaurante vegetariano na Tailândia que a polícia encontrou o corpo de um homem sem vida numa arca. O homem tinha sido assassinado ali mesmo e a intenção do dono do espaço, de acordo com as autoridades, era servir a sua carne aos clientes para se desfazer dele.

Foram os próprios clientes do restaurante a apresentar queixa às entidades competentes depois de terem encontrado pedaços de carne em vários pratos. Com as queixas, foi feita uma inspecção ao local que levou a polícia a descobrir que os restos de carne que estavam nos pratos eram de humano e não de animal.

Os investigadores encontraram na cozinha uma zona que tinha muito sangue e até pedaços de carne no chão, e foi aí que chegaram à arca onde estavam os “restos” do cadáver de um homem.

O corpo encontrado no local era de um cliente habitual no restaurante, que havia sido visto a última vez em outubro enquanto bebia uns copos. De acordo com o que reporta a imprensa local, o cliente teve um grande atrito com o dono do restaurante, sendo que ninguém sabe do paradeiro deste último.

Não se sabe se algum cliente chegou efectivamente a comer carne humana. Sabe-se, no entanto, que o mesmo já fechou e é difícil que alguma vez volte a abrir.

Fonte: Oriental Daily