Reformado que roubou um banco para se escapar à mulher é condenado a prisão domiciliária

Pobre coitado. Um homem oriundo do Kansas foi roubar um banco com o intuito de ser preso para poder escapar à sua mulher. No entanto, o resultado não podia ser pior para ele: foi sentenciado com 6 meses de prisão domiciliária…

Lawrence John Ripple, de 70 anos, foi até a um banco da sua zona, bem perto da esquadra da polícia, com uma arma na mão a exigir dinheiro. Quando foi detido, explicou prontamente que queria só afastar-se da sua esposa, dizendo: “prefiro estar na prisão do que em casa”…

Depois de ter roubado cerca de 3 mil dólares, o Sr. Ripple ficou à espera que as autoridades o fossem buscar, sendo que nem ofereceu resistência. Ele foi avaliado posteriormente e constatou-se que tinha uma depressão desde o ano de 2015.

Ficou provado que o reformado não estava bem da sua saúde mental, pelo que foi sentenciado a prisão domiciliário…perto da sua mulher.

Imaginem como é que ele não deve estar agora. Pobre coitado…

Telemóveis Xiaomi