Rapaz é estrangulado pela sua píton de 2,40 metros em “demonstração de afecto e carinho”

Um homem foi morto pela sua píton de estimação depois de esta ter escapado do seu viveiro, tendo-o esmagado até à morte numa “demonstração de carinho”.

Dan Brandon morreu de asfixia no seu quarto depois de a serpente, chamada Tiny, ter escapado. O Daily Mail Reporta que ele foi a primeira pessoa no Reino Unido a ter sido morto por uma píton.

A sua mãe Babs afirma que o filho tinha 10 cobras e 12 tarântulas no seu quarto, em Hampshire. A píton que o estrangulou tinha uns incríveis 2,40 metros de comprimento!

O agente Andrew Bradley, que foi chamado à casa da família depois da tragédia, disse: “Não há mais nenhuma evidência por isso temos de aceitar que Tiny foi a causa da morte de Dan. Não acredito que tenha sido uma agressão ou confronto por parte dele – se foi alguma coisa, foi um momento de afecto, um momento de paz”.

O professor John Cooper, especialista em répteis, disse que Dan era “bastante experiente” no que a cuidar deste tipo de animais dizia respeito. Para além do mais, nega terem havido mordidelas, explicando que “seria óbvio de constatar” se de facto tivesse acontecido.

A mãe de Brandon, em lágrimas, disse: “Ouvi um barulho grande vindo lá de cima e pensei que ele tivesse deixado algo cair, assumi que até fossem os seus pesos que usa para fazer exercício.

Chamámo-lo para jantar às 19:15 mas ele não respondeu e então o meu marido foi lá acima. Depois, chamou-me porque pensava que ele tinha adormecido, o que até acontecia com frequência. Fui lá acima e vi-o no chão de barriga para baixo, já um pouco frio.

Existiam 10 cobras e 12 tarântulas naquele quarto mas não conseguia ver Tiny. Foi aí que liguei para o INEM. Depois vimos que Tiny estava escondida numa caixa onde Dan costumava guardar as tralhas todas da cobra…”

Surreal. RIP Dan.

Apostas: Tips Grátis, clica para ver.