Proprietário de casa de alterne em Vizela acusado de “minar” clientes com Viagra

Vizela tem estado na boca do mundo. Agora, o proprietário de uma casa de alterne está a ser acusado de “minar” os seus clientes com Viagra, de forma a que estes tenham de gastar o seu dinheiro com as meninas do estabelecimento, e isto tem-lhe trazido bastantes problemas.

A. Saraiva, de 52 anos de idade, viu mesmo o seu estabelecimento a ser encerrado há uns dias pelas autoridades competentes, devido à acumulação de queixas. Consta-se que na última semana em que a casa em questão esteve aberta, o lucro feito ultrapassou os 50 mil euros.

A. Saraiva nega tudo mas existem alguns clientes habituais a queixar-se do que se andava a passar lá ultimamente. A. Moita, que passava lá muitas das suas noites, contou à imprensa local:

“Já vou às meninas a esta casa em Vizela há muito tempo, desde que o meu falecido pai me introduziu o espaço. Tinha sempre tudo controlado, a mesada que a minha mãe me dava era o limite que eu podia gastar. Mas nas últimas semanas, especialmente depois do patrão estar perto de mim e da minha bebida, tenho estado super aceso.

Quem é que vai pagar o crédito que contraí com a Cofidis? Pois é. O senhor A. Saraiva minou-me com aqueles comprimidos que levantam o pau e fez-me afundar nas meninas, e a verdade é que não pode sair impune por isto!”

Muitos são os clientes a queixar-se, dizendo que A. Saraiva colocava Viagra nas bebidas. Começaram a desconfiar e a verdade é que isso levou ao encerramento temporário do bar de alterne.

Veremos o que acontecerá agora…

Fonte: notícias de m3rda

Apostas: Tips Grátis, clica para ver.


Nota: Artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo (raramente atingido) de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.