Padre pedófilo violado por 5 senegaleses ‘abonados’

Foi na região de Kaolack, no Senegal, que um episódio insólito teve lugar, tão insólito que está a correr o mundo. Acontece que por Kaolack, existem muitas pessoas religiosas. Afinal, o estilo de vida não é o mais favorável e muita gente não tem mais a que se agarrar a não ser à crença.

Como consequência, também as crianças costumavam ir muito a uma igreja improvisada na região, onde um padre, Bamba Awa Nafissatou, era o responsável por dar frequentemente a missa e por ensinar algumas das coisas que sabia aos mais novos.

O pequeno grande problema aqui foi o facto de se ter vindo a descobrir que Bamba Awa andava a molestar algumas dessas crianças, sendo que existem testemunhas que afirmam ter apanhado o mesmo em flagrante delito com diversos dos meninos que, na realidade, não sabiam o que estavam bem a fazer.

Como forma de vingança, e porque a notícia se espalhou por toda a região, sabe-se que Bamba Awa acordou, certo dia, deitado numa mesa dessa mesma igreja completamente nu, com muitas feridas no ânus e cheio de sangue à sua volta. Consta-se que acabou por ser violado por 5 senegaleses ‘abonados’, que quiseram fazer justiça pelas próprias mãos (ou pelo próprio pénis) e dar-lhe a provar um pouco do seu veneno.

Bamba Awa teve de ser hospitalizado e ainda não conseguiu deixar a cadeira de rodas…

Nota: Artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo (raramente atingido) de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.