O koala, símbolo da Austrália, é declarado "funcionalmente extinto" devido aos incêndios

O koala, símbolo da Austrália, é declarado “funcionalmente extinto” devido aos incêndios

A lista de animais extintos ou em vias de extinção continua a ficar maior graças às actividades que os humanos continuam a praticar. Agora, de acordo com a Fundação Australiana do Koala, uma Organização Não Governamental, consta-se que a espécie está “funcionalmente extinta” e que de acordo com os seus registos, já não existem mais de 80 mil exemplares do simpático animal.

Há mais de 200 anos, existiam cerca de 10 milhões de koalas nos bosques de eucaliptos, o seu principal alimento, na costa oriental da Austrália. Com os incêndios que estão a ocorrer na Austrália atualmente, o risco de extinção completa dos koalas está no limite e várias organizações estão a pedir de forma urgente que seja emitida uma lei de protecção.

Consta-se que a espécie está “funcionalmente extinta”, o que significa que a sua população diminui tanto que já não constituem sequer um papel importante no seu hábitat, sendo que durante toda a sua existência, os koalas eram fundamentais para a vida dos bosques de eucaliptos, por comerem as folhas superiores e deixarem cair os seus excrementos no solo, que serve como adubo.

Com estas situações, o futuro permanece incerto neste campo, infelizmente…

O que dizer?