O Japão está a oferecer vistos a estrangeiros que queiram procriar com as suas mulheres

O Japão está a ficar sem população e, por isso, decidiram arranjar uma maneira de fazer com que os estrangeiros vão até lá apenas com o intuito de procriar…

Esta nação é uma fascinante de combinação de tradições com tecnologia mas pelos vistos, a taxa de natalidade tem diminuído porque os japoneses não andam a ter relações sexuais. Esta situação já se vem mantendo assim há 25 anos, sendo que desde 2012 que o índice de natalidade alcançou o seu ponto mais baixo.

Segundo estudos realizados pela Associação Japonesa de Planeamento Familiar, os homens trabalham cerca de 80 horas por semana e ao terminar essa jornada, ficam sem tempo e sem energia para terem relações sexuais. Calcula-se que, a este ritmo, o Japão pode mesmo ficar sem habitantes no ano de 3766.

Da população japonesa entre os 18 e os 43 anos, 61% dos homens estão solteiros ou passaram mais de 6 meses sem fazer sexo. Assim, para evitar a queda na taxa de natalidade, o governo quer criar um novo Visa especial para os estrangeiros dispostos a povoar o país…

Com estes vistos, terás os mesmos benefícios em termos profissionais e familiares e terás até algumas melhorias quanto aos gastos de viagens e estadia: afinal, os homens que visitarem o país com o intuito de procriar estão a prestar um serviço valioso.

Existirão vistos permanentes e outros mensais, semanais e até de uma noite. A maior parte dos requisitos são simples, na verdade: ter mais de 21 anos, ter uma boa saúde mental e uma aparência física aceitável.

Pronto para viajar?

Telemóveis Xiaomi