Mulher decide meter veneno na sua vagina para matar o marido


 

Justamente quando pensavas que já tinhas visto de tudo na tua vida, eis que surgem histórias verídicas destas para te surpreender. É certo que existem muitas formas de matar alguém mas esta é, possivelmente, das maneiras mais originais. E também bizarras.

Foi em São José do Rio Preto, em São Paulo (Brasil), que uma mulher foi acusada de tentar assassinar o seu esposo ao colocar um potente veneno na sua vagina, tendo depois pedido ao mesmo que lhe praticasse sexo oral. Consta-se que ela tinha bem ciente o gosto que o seu marido tinha em fazer-lhe sexo oral e assim, foi a maneira mais “fácil” que lhe ocorreu para acabar com a sua vida.

A verdade é que não deve ter escolhido convenientemente o veneno porque o marido, quando decidiu ir lá com a língua, constatou que aquilo não lhe estava a saber bem, como das outras vezes. Eventualmente, o veneno começou a surtir efeito mas ao ver o que fez, a mulher confessou tudo o que fez ao marido e chamou ela própria os serviços de emergência, tendo fugido de seguida.

Felizmente, conseguiram salvar a vida do homem no hospital e ficou constatado que a dose de veneno que ela lhe administrou não foi suficiente para o matar. O caso da “vagina assassina” continua ainda em aberto, no entanto, porque a mulher ainda está desaparecida.

Surreal.