Mulher assassinada por ter gozado com o tamanho do pénis do companheiro

Quando tens um primeiro encontro com alguém, a experiência pode ser traumática. Ou então não, porque pode correr muito bem. Para esta mulher, não podia ter corrido pior.

Foi em Volgograd, na Rússia, que uma mulher de 29 anos chamada Marina Kovalenko conheceu um homem num café. Kovalenko é mãe de duas meninas e de um menino, todos com idades abaixo dos 11 anos. Depois do primeiro encontro, eles foram até casa dela e martelaram.

O problema foi depois…

O encontro deles acabou de forma péssima. De acordo com o que a polícia reportou, ela “riu-se do tamanho do seu pénis”. Isto fez o homem sentir-se humilhado e pelos vistos, perdeu a cabeça: estrangulou a mulher, levou o seu corpo para a floresta e enterrou-a lá.

Os amigos de Kovalenko repararam que ela estava desaparecida há dias e acabaram por contactar as autoridades. Através dos vídeos de segurança CCTV, foi possível encontrá-la a entrar para casa com o homem – como ele a matou lá, foi fácil chegar a conclusões.

O homem de 25 anos não tinha cadastro e era solteira. Consta-se que vai apanhar 15 anos de prisão pelo que fez. Agora, os filhos de Kovalenko estão à guarda do pai.

Surreal…