Mulher acusada de roubar uma abóbora e de a ter inserido na vagina

Uma mulher oriunda de Greenville, Mississippi, foi presa depois de ter roubado uma abóbora de 7 kgs de um supermercado, tendo acabado por introduzir toda a abóbora na sua parreca. Sonia Smith, de 31 anos de idade, foi detida pelos seguranças do supermercado em questão depois de a terem visto entrar na casa de banho com uma abóbora e a sair da mesma sem essa abóbora.

Primeiramente, os seguranças pensavam que a mulher tinha comido a abóbora ou mesmo deitado a mesma pela sanita mas depois viram que ela estava a transpirar imenso e parecia muito, muito desconfortável. James Reynolds, um dos seguranças, disse que ficou incrédulo quando se apercebeu onde é que ela tinha metido a abóbora.

Eventualmente, os seguranças chamaram a polícia que, depois de uma vistoria, conseguiram descobrir o paradeiro da abóbora. O segurança que chamou a polícia explicou: “A polícia não acreditava que uma mulher conseguisse enfiar uma abóbora inteira na vagina. Só aceitaram vir ao nosso encontro porque ela começou a gritar como se estivesse a dar à luz”.

A abóbora foi muito difícil de tirar e a mulher de 31 anos teve de ser levada para o hospital, onde finalmente conseguiram proceder à extração, num procedimento que demorou cerca de duas horas.

Sonia Smith terá de ir a tribunal agora, devido a roubo e conduta imprópria, mas poderá não sofrer tanto com isso devido ao seu histórico de problemas psiquiátricos. Uma fonte próxima da sua família explicou mesmo que ela é esquizofrénica e que “ouve vozes que a comandam para inserir vários objetos nas suas cavidades corporais”.

FONTE: World News

Nota: Artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo (raramente atingido) de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.