Médico que matou a amante ao colocar cocaína na ponta do pénis é condenado a 9 anos de prisão

Um médico de nacionalidade alemã foi mesmo condenado a nove anos de prisão depois de ter causado a morte da sua amante ao ter “polvilhado” cocaína na ponta do seu pénis antes de ela lhe realizar sexo oral…

O Dr. Andreas David Niederbichler, de 43 anos de idade, foi considerado culpado de tudo aquilo a que foi acusado e que levou à morte da mulher de 38 anos de idade. A mulher em questão era conhecida como Yvonne M. e era cabeleireira.

Tudo isto aconteceu em casa do médico em fevereiro do ano passado e ela não fazia ideia que o homem tinha colocado cocaína no seu pénis, de acordo com o que reporta o MailOnline. O apartamento dele situa-se em Halberstadt, bem próximo da clínica onde ele trabalhava.

Uma amiga da vítima explicou à imprensa: “Yvonne queria deixar o seu marido para ficar com o Dr. Niederbichler. Ele era como o Christian Grey das 50 Sombras de Grey para ela…”

De acordo com o que foi reportado, ficou provado que Niederbichler já havia feito isto com três outras mulheres entre setembro de 2015 e fevereiro de 2018.

Surreal.