Marido corta mulher às postas e come o seu cérebro

Orlando e Hiede Estrera tinham um casamento feliz, sendo que já estavam casados há 16 anos. Ainda assim, a sua história de amor transformou-se em algo trágico e sangrento. O homem acabou por matar a sua mulher, cortar o seu corpo às postas e, de forma surreal, comer-lhe o cérebro.

A razão que o levou a fazer isto? O homem de 43 anos de idade afirma que a sua mulher era o demónio e que podia estar a carregar um filho de Satanás no seu ventre: “Tive de a matar para salvar toda a gente. Ela era o demónio”, disse.

Consta-se que o homem a matou porque “ouviu a voz do Diabo quando ela falou”. Depois de a estrangular, começou a cortar-lhe a cara para “ver quem se estava a esconder atrás da máscara”.

Acabou por cortar o corpo da mulher às postas, tendo inclusive comido todo o seu cérebro. Para além de tudo, consta-se que ele andava furioso pelo facto de a sua mulher não lhe ter conseguido dar um filho em 16 anos de casamento…

“Apercebi-me de que a pessoa com quem vivia era Satanás. Por isso, quis ver quem era a pessoa por detrás da máscara”, disse Orlando à imprensa.

O desequilíbrio é tanto que ele não mostrou qualquer tipo de rancor ou ressentimento por ter feito o que fez à própria mulher. Orlando explicou que comeu o cérebro da própria mulher “para que ninguém sofra à pala dela”.

Assustador…