Mãe confessa ter utilizado betão para afogar quatro recém-nascidos

Foi no Japão que um incidente horripilante teve lugar: uma mulher japonesa, Mayumi Saito, está a ser acusada por ter afogado os seus quatro recém-nascidos em betão. Ela justificou-se dizendo que era pobre e, como tal, não tinha possibilidades de tomar conta dos seus filhos. Assim, matou-os de uma forma horrenda.

Mayumi Saito tem 53 anos de idade e confessou os crimes só agora, sendo que ela já fez o que fez há mais de 20 anos. Numa altura em que não estava bem de finanças, ela acabou por dar à luz quatro bebés. Assim, decidiu afogá-los em betão para “solucionar o problema”…

Agora, fica no ar o porquê de ela ter confessado tudo isto 20 anos depois de ter acontecido. De acordo com o que reportam as autoridades, ela vivia em stress constante diariamente por causa do que andava a esconder e, não aguentando mais o sentimento de culpa, decidiu contar tudo o que se passou.

Saito afirmou que tentou cometer suicídio em múltiplas ocasiões e só não o fez porque tinha um filho com ela que precisava dela para sobreviver.

Ela utilizou um balde com betão para afogar os próprios filhos, um balde para cada filho. Depois, escondeu os baldes em casa.

Agora, depois de as autoridades terem feito uma busca a casa da mulher, foram descobertos os quatro baldes, cheios de betão misturados com ossos humanos. Mórbido. É bem possível que esta mulher passe o resto da sua vida atrás das grades.