Luxemburgo em vias de se tornar o primeiro país da Europa a legalizar a cannabis


 

Pois é, no que toca à Europa, o Luxemburgo encontra-se na vanguarda quando o assunto é legalizar a utilização e produção de cannabis. O ministro da saúde apela a que outros países europeus tragam planos para uma possível legalização, admitindo que colocar um controlo restrito na droga em questão já se mostrou uma estratégia pouco eficiente.

Ettiene Schneider disse à imprensa: “A política para com as drogas que usamos nos últimos 50 anos não funciona. Proibir as drogas faz com que as pessoas, sobretudo os mais jovens, fiquem mais interessados nas mesmas. Espero que todos nós passemos a ter uma mente mais aberta relativamente às drogas”.

No Luxemburgo, consta-se que aqueles que são maiores de idade poderão comprar cannabis para consumo próprio dentro de dois anos, sendo que para os jovens dos 12 aos 17 anos de idade, não será punível por lei carregarem consigo até no máximo cinco gramas.

Aqueles que quebrem estas generosas leis, no entanto, vão ser penalizados a sério. A produção e consumo de cannabis serão regulados pelo estado, o que significa que existirão impostos associados. Para garantirem que o país não se torna num destino visitado exclusivamente pela droga, a legalização poderá não ser aplicável àqueles que não são do país.

O que dizer destas notícias?