,

Jovem perde a vida em competição para ver quem come mais Francesinhas

Um jovem natural da Maia, ambicioso demais, meteu-se num desafio e acabou por falecer de forma trágica depois de ter dado entrada no hospital com uma paragem cardiorrespiratória.

O seu nome era Pedro e tinha apenas 24 anos de idade. Os amigos mais próximos contam que ele era o “amigo comilão” do grupo e que já nos intervalos da escola, era o que mais se esticava a comer sandes, bolos e chocolates. Na verdade, foram alguns destes amigos que decidiram organizar uma competição entre eles para ver quem conseguia comer mais francesinhas.

Foi então na garagem de Pedro que se deu esta espécie de desafio, que era bastante simples, na realidade: aquele que conseguisse comer mais francesinhas, vencia. Momentos antes do desafio, Pedro disse que se sentia preparado pois, afinal de contas, “não comia nada há mais de 24 horas e por norma, o pequeno-almoço costumavam ser três bifanas e um fino”.

Acontece que já a competir sozinho, a meio da 4ª. francesinha (!), ele queria simplesmente superar-se e continuou até que já a transpirar por todos os poros, extremamente cansado e em muito mau estado, acabou por colapsar e o INEM teve mesmo de ser chamado.

De forma triste, ele acabou por falecer a caminho do hospital com uma paragem cardiorrespiratória. Os amigos estão muito mal e sentem-se, de certa forma, culpados pelo que aconteceu mas afirmam: “Podemos ter a certeza de que ele morreu feliz”.

RIP, Pedro.


 
Nota: Artigo satírico / humorístico que tem o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional. Qualquer semelhança com a realidade é apenas coincidência.