Jogador expulso por penetrar adversário com o dedo na marcação de um canto

Pois é, o futebol é tido por muitos como o “desporto rei” e se existe magia a acontecer nos grandes palcos, a verdade é que também existem situações bem caricatas nos escalões mais baixos.

Foi num jogo a contar para a Segunda Divisão Albanesa que um jogador acabou por ser expulso pelo motivo mais caricato – podia muito bem ter-se safado, uma vez que a este nível não existe VAR mas teve o azar de ter um árbitro atento.

Durante a marcação de um pontapé de canto, o jogador em questão, defesa central, queria proteger as redes da sua baliza e, assim, decidiu espetar um dedo no cu do ponta de lança, que se preparava para atacar o segundo poste. O árbitro, ao ver claramente a intenção do defesa ao enfiar o dedo no cu violentamente contra o atacante, interrompeu a partida e deu o cartão vermelho por agressão.

Entre os seus pares, ele tem sido bastante gozado, sendo que já veio pedir desculpa publicamente pelo sucedido. Como se não bastasse, foi suspenso durante 3 jogos, sendo que o mais provável é que só retorne aos relvados para jogos oficiais em 2019.

Cada um joga com o que pode…

Nota: Artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo (raramente atingido) de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.