Homem viciado em jogo online tenta matar a mãe e o padrasto por estes lhe terem desligado a internet


 

Um homem de 29 anos completamente viciado num jogo online chegou ao ponto de tentar matar a mãe e o padrasto depois de eles terem desligado o Wi-Fi na casa onde habitam, em Si Sa Ket, na Tailândia. O objetivo era impedir que o filho continuasse a jogar aquele jogo, onde ele jogava no smartphone, durante a madrugada.

Sak Duanjan tinha voltado para casa depois de uma noite de copos com os seus amigos e estava a jogar o jogo do costume no telemóvel com o volume no máximo, tudo enquanto os pais tentavam dormir. O padrasto, Chakri Khamruang, de 52 anos, disse que a única alternativa foi cortar a internet e as coisas ficaram feias…

Consta-se que o homem de 29 anos e o padrasto iniciaram uma feia discussão e Sak acabou a ir para a cama. O problema é que na manhã seguinte, ao ir buscar água a um poço no quintal para fazer arroz, o padrasto do homem percebeu que a água estava cheia de inseticida.

“Eu ainda não acredito que ele tenha feito isso”, disse a mãe, Suban Duanjan, de 51 anos, de acordo com o que reporta o Daily Mirror. As autoridades acabaram por ser chamadas e Sak confessou que queria matar a mãe e o padrasto por ter ficado sem jogar o seu jogo.

“Quero que ele seja internado para tratamento num hospital, pois não quero viver a achar que ele nos pode matar”, desabafou Suban.

Que situação…