Homem sentenciado à morte pediu para comer “UMA PEIDA” na sua última refeição

Eis uma história verdadeiramente comovente e que está a correr o mundo. Marcus Buttface é um homem como os outros mas carrega um passado: ele acabou por se aliar ao Estado Islâmico há cerca de 2 anos e como resultado disso, o seu comportamento mudou. Mudou ao ponto de ter acabado por decapitar a própria sogra com um machado devido a ela lhe ter servido uns bifinhos de porco à refeição.

Como resultado, Buttface acabou por ser sentenciado com pena de morte e é aí que o incrível surge: como a todos os outros reclusos que enfrentam a pena de morte, foi-lhe dada a escolher a sua última refeição. Afinal, ele ia falecer e é uma prática comum deixarem a pessoa em questão escolher uma última refeição.

O problema foi que Marcus Buttface não escolheu sequer uma “refeição”: ele perguntou se podia comer cuzinho na sua última refeição, mais especificamente o cu da sua mulher.

“Isto não é um videoclip do Kevin Gates. Ele vai comer Burguer King e morrer feliz tal como todos os outros assassinos”, afirmou um guarda prisional, bastante convicto.

Ainda assim, Buttface permaneceu fiel aos seus ideais, tendo mesmo perguntado a um dos responsáveis pelo departamento prisional: “Para quê pedir hambúrgueres quando posso papar um cuzão?!”

Feliz ou infelizmente para ele, é sabido que a sua última refeição não foi o pacote da sua mulher. Ele acabou mesmo por comer uma sopa de espinafres antes de morrer, o que é pior do que Burguer King e do que, do ponto de vista dele, o ânus da sua esposa.

Descansa em paz, Marcus Buttface.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.