Homem que recebeu um cérebro de uma mulher após transplante tem 5 acidentes de carro em duas semanas

Um homem que viu o seu cérebro ser substituído pelo cérebro de uma mulher em setembro num procedimento médico muito delicado teve, bem recentemente, cinco acidentes de carro em menos de duas semanas desde que teve alta do hospital.

Phil Robertson, de 53 anos de idade, vive em Scranton e foi miraculosamente salvo de um tumor no cérebro através de um transplante que correu da melhor maneira possível. Phil recebeu o cérebro de uma mulher de 37 anos de idade que havia falecido num acidente de carro e o transplante acabou por trazer algumas consequências.

Depois de muitas semanas de terapia e reeducação, ele acabou por ter alta hospitalar e retornou ao seu emprego. A verdade é que o condutor de camiões, que nunca havia tido um acidente na vida, disse que literalmente se esqueceu de como conduzir.

“É estranho porque consigo falar, andar e fazer tudo normalmente mas por alguma razão, conduzir é simplesmente impossível. Tive 5 acidentes em menos de duas semanas. Costumava conduzir diariamente sem qualquer tipo de problema. Afinal de contas, era o meu trabalho”.

De acordo com o médico que tratou do Sr. Robertson, ele deve voltar a ganhar as suas habilidades “perdidas” e a sua personalidade durante os próximos meses, se bem que admite existir um pequeno risco de que algumas destas mudanças sejam permanentes.

O processo de mudança pode demorar de 6 a 18 meses antes de ele voltar a ser a pessoa que era por completo. Esperemos que melhore…