Homem processa os pais por terem deitado fora a sua coleção de porn, avaliada em 28 mil dólares


 

Um homem oriundo de Michigan está mesmo a processar os seus pais depois de eles terem decidido mandar para o lixo a sua coleção de pornografia e de brinquedos sexuais. Charlie está a exigir cerca de 86 mil dólares de indemnização por danos causados, isto depois de os seus pais terem deitado fora uma coleção extravagante que supostamente valia cerca de 28 mil dólares.

Charlie encontrava-se a viver em casa dos pais temporariamente depois de um divórcio mas eles obrigaram-no a sair em agosto de 2017. Depois disso, entregaram-lhe o que ele tinha deixado em casa mas os seus brinquedos sexuais, filmes porn e até revistas estavam todos em falta. Foi depois que Charlie percebeu que os pais se tinham livrado de tudo aquilo…

 

APOSTAS ONLINE - GRUPO PREMIUM

  Telegram: Clica para entrar
 
Facebook: Clica para entrar

 

O homem diz ter ficado muito chateado com os pais, em especial com o pai, que foi o principal responsável. Em tribunal, o pai de Charlie diz que decidiu livrar-se de toda aquela coleção em prol da saúde e do bem-estar do seu filho, tendo dito que “se encontrasse um quilo de cocaína, faria o mesmo”.

Charlie insistiu e explicou que muitos dos filmes que tinham eram extremamente valiosos, alguns não tanto pela qualidade mas sim porque tinha material de estúdios que já não existem há 20 anos. O pai dele explica que este “vício” já vem de há muito tempo e que Charlie já tinha um pequeno negócio relacionado com porn quando estava no secundário e até na faculdade.

Veremos no que dá…

Devia ser uma grande coleção.