Homem processa a Apple porque o seu iPhone "tornou-o homossexual"

Homem processa a Apple porque o seu iPhone “tornou-o homossexual”

Um homem russo decidiu mesmo processar a Apple porque afirma que o seu telemóvel o tornou homossexual. O homem em questão, D. Razumilov, afirma que comprou a criptomoeda Bitcoin este verão através de uma aplicação do seu telemóvel e que a mesma chegou como GayCoin, um tipo diferente de criptomoeda.

E foi aí que tudo começou…

No processo, que ele decidiu submeter em Moscovo, Razumilov disse que a GayCoin chegou com uma nota a dizer “não julgues até experimentares” e acabou por seguir as mesmas instruções. De acordo com uma cópia da queixa vista pela AFP, eis o que ele escreveu:

“Pensei, verdadeiramente, como é que alguém pode julgar alguma coisa sem experimentar? Foi aí que decidi tentar ter relações homossexuais. Posso dizer agora, dois meses depois, que estou muito íntimo com outra pessoa do mesmo sexo que eu e simplesmente não consigo mudar nesse sentido”.

Razumilov diz que hoje em dia tem um namorado mas que não sabe como explicar a sua relação aos pais e disse que desde que recebeu a mensagem da GayCoin, a sua vida mudou “para pior e nunca mais será normal”.

Assim, com esta história toda, ele está a pedir cerca de 15 mil euros à Apple, afirmando que a mesma “o forçou à homossexualidade através de manipulação”, o que acabou por “afetar a sua moral e saúde mental”.

O que dizer?