Homem parte vidro do carro para salvar um cão durante onda de calor mas pelos vistos, era um peluche

Homem parte vidro do carro para salvar um cão durante onda de calor mas pelos vistos, era um peluche

O Reino Unido tem sido recentemente atingido por uma grande onda de calor e bem, em tempos de muito calor, não devemos, de todo, deixar os nossos animais de estimação fechados no carro. Acontece que um bom samaritano viu um suposto cão dentro de um carro num dia de grande calor e partiu o vidro para o salvar.

O problema é que aquele “cão” não era mais do que um peluche…

Agora, numa situação bizarra como esta, apesar de a intenção ter sido boa, o normal era a pessoa esperar pelo dono do carro para pelo menos tentar explicar a situação, certo? Mas não foi isso que aconteceu: em vez disso, o homem foi-se embora e deixou alguém com uma janela partida e com um banco cheio de vidros por todo o lado.

O homem escreveu: “Voltei ao meu carro depois de o deixar durante 20 minutos para ir às compras e constatei que alguém me partiu o vidro de trás por pensar que o peluche do meu filho era um cão a sério, preso no carro nesta onda de calor. Quão estúpido tem uma pessoa de ser?”

A intenção era boa, lá isso era.