Homem é encontrado vivo e “mumificado” depois de ter sido mantido refém por um urso durante um mês


 

Um homem foi descrito como uma autêntica “múmia viva” depois de ter sido encontrado na toca de um urso após um mês desaparecido numa região remota da Rússia. Identificado apenas como Alexander, o homem russo foi encontrado pelos cães de um caçador que estava a passear pelo local em questão.

Alexander foi encontrado com uma fractura na espinha depois de uma luta que teve com um urso. Ele acabou por confessar que foi mantido vivo na toca de um urso pardo por decisão do próprio animal: “O urso poupou-me para ter o que comer depois”, explicou o russo ao Siberian Times.

Encontrado num estado muito, muito mau, ele diz que nem sequer se recorda do seu nome ou da sua idade. Relatou ter tido momentos em que se viu obrigado a beber a própria urina para sobreviver.

A verdade é que os ursos pardos são conhecidos por guardarem as suas presas como ‘stock’ alimentar mas toda esta situação parece saída de um filme…