Homem como o apelido Bacon assassinado e parcialmente comido pelo seu "date"

Homem como o apelido Bacon assassinado e parcialmente comido pelo seu “date”

Um homem de 50 anos oriundo do Michigan foi acusado de homicídio e canibalismo depois de alegadamente ter assassinado e mutilado um homem que conheceu através do Grindr. No dia 28 de dezembro, o corpo nu de Kevin Bacon, de 25 anos, foi encontrado no apartamento do suspeito Mark Latunski. Consta-se que o corpo da vítima estava suspenso pelos tornozelos há cerca de quatro dias.

Mais tarde, Latunski confessou aos agentes da autoridade que esfaqueou Kevin nas costas e que lhe cortou a garganta antes de ter cortado os seus testículos…para os comer.

Kevin conheceu Latunski na véspera de Natal através do Grindr. De acordo com o que foi reportado pelo Michigan Live, Michelle Myers, colega de casa e amiga de Kevin, foi a última pessoa a ver o homem com vida. Kevin disse-lhe que ele ia ter um encontro com um homem do Grindr por volta das 17:00 e às 18:12 enviou-lhe uma mensagem a dizer que ia chegar tarde e que se estava a divertir muito.

O pai de Kevin, Karl, disse que ficou preocupado com ele depois de ele não ter aparecido para tomar pequeno-almoço no dia de Natal. Por volta das 17:00 do mesmo dia, foi o próprio pai a contactar as autoridades. Eventualmente, a verdade veio ao de cima.

O ator Kevin Bacon prestou o seu tributo a Kevin – que partilha exactamente o mesmo nome com ele – escrevendo a seguinte mensagem no Instagram: “Por razões óbvias, dei por mim a pensar nos amigos e na família desta jovem pessoa, Kevin Bacon. A sua vida foi tirada demasiado cedo. A sua paixão passava por cortar cabelo e tenho a certeza de que ele faria um trabalho excelente à confusão que está em cima da minha cabeça. RIP KB”.

Trágico. RIP.