Homem afirma que os litros de esperma que bebeu o curaram da homossexualidade

Um conceituado naturopata afirma “ter ficado curado” da sua homossexualidade ao ter bebido dois copos cheios de esperma por dia, durante vários meses.

Brian Franklin, de 61 anos de idade, foi militante e até líder de diversas organizações que promoviam os direitos LGBT durante vários anos. Ele diz que apesar de todo o activismo, sentia-se sempre inseguro acerca da sua homossexualidade e queria mesmo “curar-se”.

Assim, o naturopata passou anos a estudar a natureza da homossexualidade e as propriedades químicas de centenas de substâncias. Depois de diversas tentativas, houve uma substância que lhe chamou a atenção pelas suas propriedades químicas e hormonais: o sémen humano.

Fez alguns testes preliminares com ratos e, constatando o sucesso dos mesmos, Franklin decidiu experimentar em si próprio. No último ano, ele bebeu dois copos (600 ml) de sémen por dia e diz que os resultados foram bem conclusivos:

“Um mês depois de ter começado o tratamento, comecei a sentir-me menos atraído por homens. Depois de 6 meses, estava completamente heterossexual e achei as mulheres atraentes pela primeira vez na minha vida”.

“Bebia um copo de sémen de manhã e outro à noite e já consigo viver como uma pessoa normal. Acho que vale completamente a pena”, completou.

Claro que, ao afirmar que tinha uma possível “cura” para a homossexualidade, o tratamento do naturopata foi recebido com muito ceticismo por parte da comunidade científica.

Muitos especialistas afirmaram que o tratamento é “ridículo” e até “insultuoso para a comunidade homossexual”. Também muitas organizações LGBTS denunciaram Brian Franklin, dizendo que ele é uma “fraude”, um “homofóbico” e um “traidor para todos os gays”…

FONTE: World News