Homem acorda do coma a falar linguagem dos golfinhos

Um homem que ficou paralisado depois de um trágico acidente a praticar mergulho nas Honduras acordou do coma, 6 meses depois de ter dado entrada no hospital. Desde que acordou, os médicos afirmam que ele só fala a “linguagem dos golfinhos”.

Michael Phillips, biólogo marinho e antigo investigador no Programa de Saúde de Animais Aquáticos da Universidade da Florida, sofreu um acidente quase fatal causado por um golfinho agressivo com quem tentava comunicar através de sinais acústicos.

De acordo com algumas testemunhas, o golfinho pegou no equipamento de mergulho de Phillips, deixando-o sem ar a 60 metros abaixo da superfície. Felizmente, conseguiram salvá-lo e os médicos, temendo pela sua vida, colocaram-no em coma induzido para prevenir danos a nível neurológico.

Agora, os médicos explicam: “Ele parece estar a falar uma linguagem de golfinhos. Faz barulhos com a boca quase todos agudos, e recusa-se a comer qualquer coisa que não seja sardinha”.

Uma desordem de personalidade

Apesar de a condição de saúde de Phillips ter melhorado bastante, o Dr. Shawn Becker teme que o jovem possa sofrer de uma desordem de personalidade temporária induzida devido ao stress pós-traumático:

“Ele só come alimentos que tenham vindo do mar e já mordeu diversas enfermeiras quando o tentaram alimentar com outra coisa qualquer”, explicou.

“Algumas enfermeiras já aprenderam a comunicar com ele através de ‘clicks’ e sons. Três ‘clicks’ é o que faz quando está com fome e também faz um barulho extremamente agudo quando precisa que lhe mudem a fralda”, completou.

Esperemos que melhore.

FONTE: World News

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.