Estudo comprova que casar é o melhor remédio para acabar com o stress


 

Pois é, depois disto, é provável que os solteiros queiram estar casados porque aparentemente, o matrimónio funciona quase como uma vacina para o stress. Pelo menos foi o que sugeriu uma investigação científica realizada recentemente.

Ainda que a vida de solteiro traga muita diversão e liberdade, também a vida matrimonial parece trazer grandes vantagens: passas mais tempo em casa, evitas os teus amigos que te querem desencaminhar, aprender a lavar pratos e tornas-te num especialista em passar a ferro.

Mas pelo menos vives relaxado e protegido contra o stress…

Parece raro que os casados vivam menos tensos mas um grupo de investigadores da Universidade Carnegie Mellon e da Universidade de Pittsburh fez um estudo químico com 572 homens e mulheres para saber se o matrimónio afectava mesmo os níveis de stress.

Os participantes eram casados e solteiros com idades compreendidas entre os 21 e os 55 anos de idade, sendo que lhes foram pedidas amostras de saliva ao acordar durante três dias não consecutivos. Depois, os cientistas fizeram análises hormonais com esse material e o resultado surpreendeu – os casados têm níveis mais baixos de cortisol.

O cortisol é uma hormona que o nosso corpo acaba por libertar quando estamos stressados, sendo que um nível alto da mesma significa simplesmente que a pessoa está muito tensa. Se as pessoas casadas apresentaram baixos níveis da hormona, a conclusão lógica deste estudo indica que eles acabam por viver menos stressados do que quem não é casado.

E esta, quem diria?