Egas e Becas são um casal gay, de acordo com um antigo escritor da Rua Sésamo

Egas e Becas são um casal gay, de acordo com um antigo escritor da Rua Sésamo

“Eu nem te sei explicar, mas o facto de o Becas e o Egas serem gays, é quase semelhante à morte da Princesa Diana. As pessoas não estão preparadas para isso, as pessoas não viam isso”

Pois é, quem o afirma é um antigo escritor da Rua Sésamo. Os rumores têm ganho força: Egas e Becas são homossexuais e eram mesmo um casal.

Mark Saltzman, que ganhou um Emmy, foi responsável por ter trabalhado em 31 episódios da Rua Sésamo, que saíram entre 1985 e 1998, e afirma ao Queerty que sempre viu Egas e Becas como um casal gay:

“Lembro-me de uma vez ver uma criança a perguntar à mãe se Egas e Becas eram namorados e achei piada. E volta e meia, as pessoas voltavam a tocar nesse assunto. A verdade é que senti sempre, quando escrevia Egas e Becas, que eles eram. Nem existia outra maneira para mim de os contextualizar”, explicou.

O escritor, responsável por ter trabalhado em “The Jim Henson Hour” e até em “Mrs. Santa Claus”, sugere que as histórias de Egas e Becas foram inspiradas em relacionamentos da vida real.

https://twitter.com/SesameWorkshop/status/1042117602678587395

Falou-se muito da sexualidade deles, já desde que saiu o primeiro episódio da Rua Sésamo. Em 2001, o livro Hollywood Urban Legends, escrito por Richar Roeper, pode ler-se: “eles conduziam-se da mesma forma amorosa e discreta que milhares de homens homossexuais fazem”.

Em 1994, um ministro da Carolina do Norte tentou mesmo que Egas e Becas fossem banidos do estado, tudo porque “eram dois homens crescidos a partilhar uma casa e um quarto, a usar as mesmas roupas, a comer juntos e a terem comportamentos femininos”.

Vale o que vale…

FONTE: Huffington Post