É isto que acontece quando "tocas demasiado ao bicho"

É isto que acontece quando “tocas demasiado ao bicho”

 

A masturbação era um verdadeiro taboo há não muito tempo atrás. Felizmente, as coisas mudaram e hoje em dia o acto é encarado com muita mais naturalidade.

Na verdade, os médicos não vêem qualquer problema no facto de uma pessoa escolher proporcionar-se prazer. Aliás, atingir o orgasmo através da masturbação traz imensos benefícios e faz as pessoas muito mais felizes. Os químicos como a dopamina e a oxitocina que são libertados quando atinges o climax fazem-te sentir super satisfeito e positivo em relação à tua vida.

Mas tudo o que é demais, faz mal: fica a saber o que acontece quando te MASTURBAS demasiado…

#1 Estás a causar dor física aos teus membros interiores

Podes estar a exagerar se fores muito agressivo com a tua pele e isso pode ter repercussão nos teus membros inferiores. Os homens desenvolvem uma condição chamada Doença de Peyronie, uma doença que provoca lesões sérias no malaquias.

#2 Quando não te interessa a qualidade mas sim a quantidade de vezes que já te masturbaste

Podes estar aborrecido ou mesmo a tentar bater o teu recorde de pívias esgalhadas. Isto é competição e não é nada, mas nada saudável.

#3 Masturbares-te pode interferir com o fazeres sexo com outra pessoa

Não há nada errado com a masturbação, desde que não dês primazia a isso ao invés de uma conexão real, íntima e física com outra pessoa.

#4 Misturar masturbação e pornografia pode afectar a tua vida sexual

Os homens que se masturbam enquanto vêem pornografia “pedem mais” estímulos visuais e estão habituados a isso. Consequentemente, a resposta a isso é uma certa afectação com o parceiro/a debaixo dos lençóis, provavelmente porque aquele que se masturba está habituado aos estímulos visuais que não consegue ter com a pessoa em si – a pornografia passa a excitá-lo mais.

#5 Outros aspectos da tua vida passam a ser afectados

Se estiveres a evitar sair com os teus amigos depois do trabalho porque te queres ir satisfazer, isso é um problema. Proporcionares-te prazer nunca deve interferir com a tua vida social e trabalho.

#6 Ficas irrequieto porque não consegues parar de pensar na próxima vez que te vais proporcionar prazer!

Se estiveres distraído pelos pensamentos constantes acerca de masturbação, podes estar a enfrentar um problema comportamental. Precisas de falar com alguém.

#7 Não consegues parar de te masturbar e quando não o estás a fazer, não consegues parar de pensar nisso

Há muitos vícios: álcool, jogo, sexo. Mas se a masturbação interfere com a maneira como vives e não a consegues controlar, está na hora de procurar ajuda profissional.

#8 Quando te masturbas demasiado, a ejaculação torna-se mais difícil

Se estiveres viciado em esgaçar o malaquias e o fizeres muito frequentemente, a verdade é que atingir o orgasmo vai tornar-se mais difícil. O teu corpo precisa de tempo para repor os fluídos que tens “mandado fora”.

#9 Podes sofrer impactos psicológicos derivados da masturbação

Podes começar a sentir-te culpado de o fazeres regularmente. Em casos extremos, pode chegar à depressão. A moderação é a chave.