Dar palmadas às crianças pode causar-lhes trauma e depressão, de acordo com um estudo


 

Há uns tempos atrás, uma boa nalgada era como um psicólogo: corrigia o que estava mal, formava o carácter e reafirmava a autoridade dos pais no sistema familiar. Mas os verdadeiros psicólogos de hoje têm outra opinião.

Para muitos de nós, levarmos uma palmada dos nossos pais quando nos portávamos mal era perfeitamente comum. Se chateavas o teu irmão, se partias alguma coisa ou se te portavas mal na escola, já sabias o que te esperava. A verdade é que profissionais da saúde mental vieram afirmar que essa prática pode causar danos sérios…

Foi publicado um estudo sobre este tema, realizado por um grupo de especialistas da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. Nesta investigação, relacionou-se a saúde mental dos adultos com as suas experiências adversas de infância, mais especificamente se levaram muitas palmadas como medida de correcção.

Para este estudo, foram entrevistados 8316 pessoas com idades entre os 19 e os 97 anos de idade, todos os membros de uma organização de saúde mental na Califórnia. Todos eles, para além de inquéritos, fizeram exames para a depressão, para o alcoolismo e até testes para o uso de drogas.

No fim, concluiu-se mesmo que receber palmadas na infância afecta mais do que aquilo que parecia inicialmente…

54.3% dos inquiridos receberam palmadas na infância e curiosamente, foram as que apresentaram índices mais altos de problemas mentais. Concluiu-se que este tipo de castigo corporal pode mesmo ser um factor de desenvolvimento de depressão e outros transtornos psicológicos.

Vale o que vale.