Caçador mata o filho por engano ao tentar alvejar um alce


 

Um pai matou acidentalmente o seu filho depois de o ter confundido com um alce durante uma sessão de caça. De acordo com o que foi reportado, o caçador levou o seu filho de 18 anos para uma região rural no norte da Rússia e foi aí que o incidente aconteceu.

Eles estavam a caçar num bosque perto de Khanty-Mansiysk, que é conhecido pelas suas temperaturas super baixas e pela neve que se faz sentir. De acordo com as autoridades, o pai fez mira para o que ele pensava ser um alce mas acabou por alvejar o seu filho…

Na verdade, só quando se aproximou do animal para ver se o tinha matado é que constatou que de facto tinha acabado por matar o seu próprio filho.

De acordo com o que reporta a imprensa local, o jovem morreu instantaneamente depois de ter sido atingido pela bala disparada pelo pai. Os investigadores explicaram que as condições de visibilidade eram muito, muito más e que foi esse o motivo que fez o pai confundir o filho com um alce.

Agora, o pai está a ser acusado por homicídio por negligência e se for considerado culpado, poderá enfrentar dois anos de prisão pelo que fez.

Surreal. RIP.