As pessoas que dizem mais palavrões são mais honestas, de acordo com um estudo

As pessoas que dizem mais palavrões são mais honestas, de acordo com um estudo

Para aqueles que são constantemente crucificados pelo seu vocabulário devido a dizerem demasiados palavrões, temos algo a que se podem agarrar. Acontece que investigadores da Universidade de Cambridge, da Universidade de Maastricht, da Universidade de Hong Kong e da Universidade de Stanford constataram que as pessoas que dizem mais palavrões têm maior tendência a serem pessoas honestas…

Os autores do estudo investigaram 276 pessoas em laboratório, bem como a interação social de 73,789 pessoas no Facebook, tendo tentado medir os níveis de “profanidade” das pessoas. O estudo, que será publicado no Social Psychological and Personality Science, concluiu que “existe uma relação consistente positiva em relação à profanidade e à honestidade; dizer asneiras está associado a menos mentiras e a uma maior integração a nível social”

O co-autor David Stilwell, da Universidade de Cambridge, disse ao Independent: “Aquilo que descobrimos com maior relevância é que quando filtras a tua linguagem ao falar, então provavelmente também estás a filtrar o que vais dizer. Isto quer dizer que não estás tão interessado em dizer o que pensas mas sim naquilo que que pensas que as outras pessoas querem ouvir”.

“Com isto, alguém que não filtra a sua linguagem, e que por isso diz palavrões, tem mais tendência a dizer aquilo que pensa, daí ser mais honesta e genuína, pelo menos nesta perspectiva”, concluiu.

E tu, és pessoa de dizer palavrões?