9 regras que tens de saber antes de ires a um clube de strip

6. Mostra respeito

Não trates as strippers como se elas fossem lixo. Acredites ou não, elas são profissionais qualificadas e praticam a sua arte todos os dias. Para as pessoas, pode parecer que são mulheres de quem podes tirar vantagem e que podes tratar como quiseres mas a verdade é que é precisa muita habilidade para fazer o que elas fazem e é uma profissão que, tal como as outras, merece respeito.

7. Não peças que elas se casem contigo

Não tentes ser um “salvador” e não tentes ser um ativista. As profissionais em questão vêem imensos homens por dia que se apaixonam com ela depois de uma dança e alguns acabam a pedi-las em casamento. Muitos homens têm o “complexo de herói” com o desejo de as salvar daquele negócio “horrível” – não sejas esse homem.

8. Profissionalismo

Como já foi referido, os clubes de strip são um negócio e tudo o que se passa lá dentro é feito de forma profissional. Tal como num hotel, elas estão lá para te servir e no fim, não há nada que “levar as coisas para a frente”. Não tens de ter dates com ela à posteriori, esquece essa ideia. Pode acontecer mas é completamente arbitrário, não há uma implicação de.

9. Manter uma conexão pessoal é aceitável

Continuando com o que foi escrito logo acima, é normal que algumas strippers passem muito tempo nos privados com os mesmos clientes e eventualmente, acabam por nascer algumas conexões. Pode parecer bizarro mas muitas destas sessões privadas são como sessões de terapia onde as pessoas se libertam.