8 tipos de punheta que um gajo tem que bater pelo menos uma vez na vida

1. Mão dormente

Um estilo que é indicado para quem gosta de abusar na criatividade. O que precisas de fazer é deixar uma das tuas mãos dormente. Sabes quando nos sentamos em cima de uma mão e ela fica com aquele formigueiro? É mesmo isso. Feito isto, basta “bateres” normalmente. Como a tua mão não vai estar em perfeitas condições, vai parecer que é um punheta batida por outra pessoa

2. Com as duas mãos

Esta é para quem possui atributos um pouco mais avantajados. Coloca uma mão na base e a outra no topo. Depois é só seguir em ritmo sincronizado, com as duas mãos. Pode parecer complicado e exigir um pouco de coordenação motora, mas vale a pena no final, acredita!

3. Acendendo a fogueira

Calma, não vais puxar fogo ao pau com esta técnica. Sabes aquele famoso movimento de juntar dois pedaços de madeira para acender uma fogueira? A ideia é a mesma aqui. Coloca o teu malaquias entre as duas mãos abertas e esticadas e vai descendo e subindo enquanto fazes esse movimento da fogueira. Mas vai devagar! Ir rápido demais pode acabar por se tornar complicado.

4. Segurar orgasmo

Se estás com mais tempo livre para escamares o besugo, é válido investires nesta técnica. Escolhe o teu vídeo porno preferido e vai-te divertindo aos poucos. Quando sentires que estás quase lá, para tudo e segura o orgasmo e a vontade de esguichar. Depois quando a vontade de esguichar passar, é só recomeçar a punheta. Repete este processo algumas vezes até não aguentares mais. Podes ter a certeza que o final vai ser uma das melhores sensações que o teu “amiguinho” já teve.