5 razões pelas quais Cristiano Ronaldo não vencerá a Bola de Ouro 2018

2. FALTA DE CONSISTÊNCIA

Uma coisa é chegar a um nível absurdo de performance, outro é mantê-lo durante um grande período de tempo sem que existam flutuações. Calma, não interpretem mal: Cristiano Ronaldo foi incrível na última época mas há algumas coisas a dizer.

O atacante começou muito mal no campeonato, tendo marcado apenas 2 golos nos primeiros 10 jogos da La Liga. Na Champions, foi muito forte no que toca a golos desde a fase de grupos até aos quartos de final mas depois disso, voltou a ter menos sorte.

Repare-se que mesmo no Campeonato do Mundo, marcou um hat-trick no primeiro jogo, apontou outro tento no jogo a seguir e depois não conseguiu mais fazê-lo até à eventual eliminação de Portugal. Já na Juventus, ele precisou de 320 minutos para marcar o seu primeiro golo em jogos oficiais.

Vale o que vale.

1. RONALDO vs. MESSI A PERDER FORÇA

Se estivéssemos a discutir o vencedor da Bola de Ouro há 3 anos, ninguém ia meter outros nomes em cima da mesa que não os de Cristiano Ronaldo e Leo Messi. No entanto, em 2018 as coisas mudaram um bocadinho – e se calhar, ainda bem que sim.

O mundo do futebol ficou “chocado” depois de terem visto Messi fora da lista dos candidatos a Jogador do Ano da UEFA e da FIFA e a surpresa deu-se quando Luka Modric arrecadou ambos os prémios. Claro que ele é um jogador incrível mas o facto de termos tido Ronaldo e Messi a dominar este tipo de prémio durante 10 anos torna tudo diferente, ou pelo menos dá que pensar.

Hoje, não há dois favoritos. Nomes como Antoine Griezmann, Kylian Mbappe, Mohamed Salah, Eden Hazard, Raphael Varane, Kevin De Bruyne ou Neymar surgem e, assim, é justo dizer que as probabilidades de Cristiano vencer estão a ir descendo cada vez mais. Vamos aguardar.

FONTE: Sportskeeda

Apostas: Green Tips Grátis, clica para ver.